Caro internauta,

Se os olhos lacrimejam e o nariz escorre, não convém usar o mesmo lenço no nariz e olhos e nunca usar lenço de pano, que retém os microrganismos.

Geralmente uma pessoa com rinite alérgica, apresenta coriza e lacrimejamento. Mas somente um exame ocular poderá confirmar o diagnóstico.

Alergia é uma resposta exagerada, que se desenvolve após a exposição a um estímulo externo comum no ambiente (alérgeno), como: metal, couro, esmalte, corantes, pó, poeira, ácaros, pólen, mofo, pelos de animais (gatos e cães),etc... As substâncias podem ser inaladas, ingeridas, injetadas ou colocadas em contato com a pele. Alimentos e medicamentos também podem desencadear alergia. O cigarro, a poluição, as tintas, solventes, produtos de limpeza, perfume, etc. também podem contribuir para quadro alérgico.

Os sintomas mais frequentes são: espirros, coceiras nos olhos, nariz e na pele, olhos vermelhos, lacrimejamento, aumento da secreção ocular matinal, fotofobia, nariz entupido, coriza, tosse. Áreas do corpo atingidas pela alergia:

  • a) pele – coceiras intensas e lesões. Nariz
  • b) nariz- chamada de rinite alérgica, a alergia atinge a mucosa do nariz.
  • c) vias respiratórias- asma, bronquite alérgica.
  • d) olhos- conjuntivite alérgica.

A conjuntivite alérgica- Figura 1, é uma doença que afeta a fina mucosa que reveste a porção interna das pálpebras e o globo ocular chamada conjuntiva. Nesta doença o organismo reage a certas substâncias, chamadas tecnicamente de alérgenos. Os alérgenos mais comuns são ácaros, pelos de animais, especialmente cães e gatos, pólen e poeira.

É muito importante o diagnóstico diferencial com a conjuntivite infecciosa que deverá ser feito pelo seu médico oftalmologista.

Figura 1. Conjuntivite alérgica
Clínica de Olhos Arruda Mello | Olho vermelho

O que fazer para diminuir os quadros alérgicos?

  • evitar ambientes onde exista fumaça de cigarro
  • lavar cobertores e casacos de lã
  • colocar lençol, mantas, travesseiros no Sol
  • evitar tapetes, cortinas e bichos de pelúcia no quarto
  • piso de madeira ou cerâmica são mais indicados que carpete.
  • deixar a casa sempre limpa e arejada. Aspirar a poeira semanalmente (usar sacos duplos no aspirador)
  • colocar plantas fora de casa
  • deixar animais de estimação no quintal
  • usar esterilizadores de ar e acaricidas (que matam ácaros)
  • revestir colchões e travesseiros com tecido especial que evita passagem de pó.
  • eliminar a umidade, seja no banheiro, na cozinha ou na lavanderia.

Prof. Dr. Paulo Augusto de Arruda Mello
Professor Associado do Departamento de Oftalmologia da Universidade Federal de São Paulo
Presidente da Sociedade Latino Americana de Glaucoma