Caro internauta, primeiramente vamos esclarecer o que é glaucoma.

Glaucoma é uma neuropatia óptica crônica progressiva, caracterizada por alterações típicas da cabeça do nervo óptico, com repercussões características no campo visual.

A pressão intraocular (PIO) elevada é o fator de risco mais importante para o desenvolvimento dessa doença e o único passível de tratamento.

Estima-se que em 2020 haverá 120 milhões de portadores de glaucoma em todo o mundo, com 12 milhões de cegos pela doença. Catarata e glaucoma são as duas principais causas de cegueira em todo o mundo.

Por estarem associados com o envelhecimento, eles terão prevalência ainda maior com o aumento da população maior de 60 anos e necessitarão de maior atenção por parte dos gestores de saúde e dos oftalmologistas. O tratamento atual dessas doenças apresenta sucesso muito maior do que aquele verificado no passado.

Alguns hábitos foram associados ao aumento da pressão intraocular, tais como tocar instrumentos de sopro, consumo de café, uso de gravata, realizar certas posições de yoga e praticar “levantamento de peso” (1). Alguns pesquisadores relacionaram a prática do uso de pesos excessivos na atividade física, ao aumento temporário da pressão ocular, principalmente quando os praticantes prendem a respiração.

Bem, a atividade física regular é reconhecida por suas implicações positivas na saúde das pessoas. Assim sendo, a utilização do exercício físico é relevante para prevenção de doenças como diabete, hipertensão arterial e obesidade. (2,3). Exercícios físicos regulares reduzem a pressão arterial e a pressão de perfusão (importante fator de risco para o glaucoma) e são potencialmente benéficos para reduzir a pressão intraocular. Existe uma forte evidência que o exercício físico (resistido ou aeróbio) pode promover efeitos benéficos na pressão do olho das pessoas a curto e longo prazo. (1,2)

Já na Yoga, quem tem glaucoma deve evitar as posições invertidas, pois faz com que a drenagem do humor aquoso diminua e aumente a pressão intraocular.

Posições invertidas na Yoga:

Clínica de Olhos Arruda Mello | Fazer atividade física regular e yoga é perigoso para quem tem glaucoma?

Já na Yoga, quem tem glaucoma deve evitar as posições invertidas, pois faz com que a drenagem do humor aquoso diminua e aumente a pressão intraocular.

Referências

  1. Risner D, Ehrlich R, Kheradiya NS, Siesky B, McCranor L, Harris A. Effects of exercise on intraocular pressure and ocular blood flow: a review. J Glaucoma. 2009; 18(6):429-36.
  2. Marcelo Conte. Associação entre exercícios resistidos e pressão intra-ocular.Tese apresentada à Universidade Federal de São Paulo para obtenção do título de Doutor em Ciências. Orientador: Prof. Dr. Marinho Jorge Scarpi. São Paulo 2009
  3. Lempert P, Cooper KH, Culver JF, TredicI TJ. The effect of exercise on intraocular pressure Am J Ophthalmol. 1967; 63(6):1673-6. 2

Prof. Dr. Paulo Augusto de Arruda Mello
Professor Associado do Departamento de Oftalmologia da Universidade Federal de São Paulo
Presidente da Sociedade Latino Americana de Glaucoma