Dá-se o nome de glicemia à concentração de glicose encontrado no plasma, ou seja, em termos práticos, à quantidade de açúcar no sangue. O aumento excessivo da glicemia chama-se Hiperglicemia, isto é, quando existe excesso na quantidade de açúcar no sangue. A diabetes é uma doença que se caracteriza pela Hiperglicemia.

Pacientes com diabetes apresentam flutuações na visão pelas mudanças na estrutura do cristalino (lente natural do olho, localizada atrás da pupila). Na Hiperglicemia elevada há um aumento da espessura do cristalino, provocando miopia, (Figura 1). É a miopia de índice. Assim, se você fizer exame de vista com Hiperglicemia (glicemia alta), a receita dos óculos poderá estar com grau errado.

Hiperglicimia

Em pesquisa realizada em pacientes internados com glicemia normal injetaram glicose na veia, promovendo Hiperglicemia. Constatou-se que todos tiveram um aumento da miopia nos primeiros 15 minutos e chegaram à diferença de aproximadamente um grau de miopia após 45 minutos, sendo esta alteração é bilateral e aguda2.

Em geral, a mudança de grau causada pela alteração da glicemia, pode levar até duas semanas para ser resolvida, mesmo após o seu controle. Durante a Hiperglicemia, pode ocorrer o desenvolvimento de catarata cortical, além das alterações na espessura do cristalino e diminuição da profundidade da câmara anterior. A evolução dessa catarata cortical geralmente é lenta e progressiva.

Bibliografia
1.Portal da Diabeteshttp://www.apdp.pt/index.php/saber-mais/glossario
2. Benjamin, William J. Borish's Clinical Refraction. Refractive effects of systemic disease. Elsevier's Health. Philadelphia; 2006. p1650-1652.